Um almoço com o Fran


Era segunda-feira e eu fui passear sozinha, esperando a hora de almoçar com o Fran, meu outro amigo argentino. O passeio incluiu as ruas do centro. O centro não é meu lugar favorito, mas tem prédios lindos. Passei pela Casa Rosada e pelo Cabildo, e as coisas já estavam começando a ficar agitadas, já que o feriado de 1 de maio estava próximo. O Cabildo, centro da revolução de maio que aconteceu no final do século IXX e “tirou” os espanhóis do comando, é uma das construções mais antigas. Tem um museu, mas estava fechado. Então, fiquei lá no pátio mesmo ouvindo a explicação de uma professora para um grupo de crianças sobre a importância do Cabildo na história do país.

cabildo visto de dentro do pátio

cabildo visto de dentro do pátio

casa rosada

casa rosada

Depois, San Telmo novamente. Bom, eu disse que adoro esse lugar…Encontrei o Fran na esquina das calles Chile e Defensa. Passamos só duas horas juntos, num restaurante chamado Don Ernesto (Carlos Calvo, 375, San Telmo). O Fran é uma daquelas pessoas que você quer ter para sempre como amigo. Nos conhecemos em janeiro, em Bariloche, e desde então estamos sempre em contato. Me despedi dele ali mesmo; ele foi para o trabalho e eu segui pela Defensa até o Parque Lezama. Essa era uma parte de San Telmo que eu não conhecia. Adorei. É uma praça enorme, com muitas árvores. Há gente dormindo na grama, lendo nos bancos, passeando com cachorros. Fiquei por lá um tempo, admirando a paisagem e lendo um pouquinho. Lá tem o Museu Histórico Nacional mas, adivinhem? Sim, estava fechado, já que era segunda-feira. Tinha um passeador de cachorros descansando em um dos bancos (aqui em Buenos Aires há montes deles) e acho que um dos cãezinhos se soltou da coleira. Era um dálmata. Eu, que não sou muito fã de cachorros – principalmente dos grandes – fui tirar uma foto. O cachorro começou a latir e avançou em mim!!! Eu dei um grito que acho que a cidade inteira ouviu. Mas ninguém deu bola não, se o cachorro tivesse me atacado garanto que ninguém ia me salvar. Ainda andei muito depois do episódio. Fui ao Once, Recoleta e voltei a Beccar à noite.

almoço com fran

almoço com fran

parque lezama

parque lezama

crazy dálmata

crazy dálmata

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Pelo mundo

2 Respostas para “Um almoço com o Fran

  1. admirador secreto

    Oii renata, você continua linda leve como sempre…
    se cuida e volta logo….

    beijos

  2. Fabiane

    Ai, ai, que saudade!! O blog tá ótimo Rê! Bj

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s