Por mar


Em Cartagena conheci duas brasileiras, Gisele e Juliana, e embarcamos juntas num catamarã rumo ao Panamá. A escolha do barco aconteceu bem por acaso. Existem milhares de veleiros que fazem a viagem de cinco dias até o arquipélago de San Blás, em terras panamenhas. Marquei um encontro com o capitão de um deles e enquanto esperava chegaram Amanda e Javier. A brasileira e o francês – que estão viajando o mundo – procuravam passageiros para fazer a travessia. Nos encontraram e ao irlandês Peter.

DSC07425

paraíso

DSC07335

mar aberto

Saímos de Cartagena na segunda-feira, 2 de novembro, e passamos incríveis cinco dias no mar. Os dois primeiros em alto mar, o barco mexendo sem parar, ondas, enjôos e um mergulho com tubarões (ok, ok, eu não vi nenhum, mas tenho certeza que eles estavam lá…). Os outros três nas águas turquesa do caribe das ilhas de San Blás. Ótima companhia, comida deliciosa, praias desertas com areias branca, mar cristalino e coqueiros, corais e peixinhos multicoloridos. Eu tive a sorte de ver uma arraia nadando ao meu lado por alguns minutos. Incrível. A passagem da América do Sul para a Central foi feita da melhor maneira possível. Estou cada vez mais longe de casa.

DSC07421

javier, amanda, juliana, gisel, peter e o jantar com lagostas

IMG_4091

barquinho

 

PB040246

estrela no fundo do mar

Mais:

– Em Cartagena, um hostel simpático é o Hotel San Roque. Fica na calle Media Luna (onde estão a maioria dos albergues). É o último do lado esquerdo de quem vem da cidade amuralhada. 15 reais a diária em quarto coletivo e cada cama tem seu próprio ventilador.

– Para comer, existem milhares de restaurantes com menu (sopa, prato principal e suco) com preços que variam de 4 a 8 reais, numa rua perpendicular à do hostel.

– Colômbia-Panamá: barco ou avião. Não existem estradas ligando os dois países. Se a opção for a primeira, é legal escolher bem o meio de navegação. A maioria dos barcos são veleiros que vão apinhados de mochileiros (entre dez e vinte). Nós fomos no catamarã rebelle, um barco novinho que leva no máximo seis pessoas. (www.catamaracharterrebelle.com).

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Pelo mundo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s