A semana da virgem


Cheguei a Léon na semana da grande festa da padroeira da Nicarágua. Fogos e flores para a virgem Puríssima. Entre os dias 1 e 7 de dezembro, os mais religiosos adoram a santa com fervor. Na noite do dia 7, saem as ruas gritando seu nome, antecipando o feriado do dia 8 de dezembro. León é cercada por vulcões e diz a tradição que quando um deles entrou em erupção, o povo saiu às ruas com a imagem da Puríssima para pedir proteção.

catedral e coca-cola

Também por causa de um vulcão, o Momotombo, a cidade teve que mudar de lugar. Fundadaa em 1524 aos pés do Momotombo e, devastada por uma erupção, foi reconstruída anos depois 30 quilômetros mais ao sul. León Viejo, como são conhecidas as ruínas da antiga cidade, ficou embaixo da terra por muitos séculos e hoje é uma das atrações turísticas do local.

León tem aquele ar de vida devagar com um pouco da agitação dos mercados e terminais de ônibus que se vê por toda a Nicarágua. É uma bagunça agradável e um pouco decadente. As casas antigas, muito bonitas, não estão conservadas, e a catedral, um edifício imponente, se destaca agora pela má conservação. Ainda assim, Léon me encantou mais que Granada. E seria minha última parada em terras nicaraguenses.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Pelo mundo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s